A pintura grega em cerâmica


        A pintura na Grécia surgiu como um elemento de ornamentação na arquitetura, porém ela encontrou também uma forma de realização na arte em cerâmica. Os vasos gregos são conhecidos não somente pelo equilíbrio da forma, mas também pela harmonia entre desenho, cores e espaço utilizado para decoração.
         Essas pinturas geralmente mostravam pessoas em atividades cotidianas e retratavam também cenas da mitologia grega. Em princípio o artista pintava em negro o contorno das figuras. Depois era gravado a silhueta e as marcas interiores com uma ferramenta pontiaguda que retirava a tinta preta deixando as linhas nítidas.





                      



              Um grande pintor de nome Eutímedes introduziu no ano de 530 a.C uma grande mudança na arte cerâmica: inverteu as cores deixando as figuras em tom natural do barro cozido e pintando o fundo de negro. Com isso foi produzido um efeito que deu maior vivacidade às figuras.







5 comentários:

  1. lkfdjxiiiojgovixjfdoigdjio

    ResponderExcluir
  2. Gostei do artigo, mas vou deixar uma sugestão. Ficaria bem interessante se vocês pegassem uma obra em destaque na Grécia Antiga representando algo da mitologia e colocasse o que a obra representa, pois na Grécia Antiga tudo girava em torno da mitologia, e os artistas daquela época representavam muito isso em obras de arte, como anáforas, esculturas, vasos e etc.

    ResponderExcluir